Taboão da Serra avança na inclusão e cria Escola Bilíngue para Surdos
11/10/2018 07:50 em Taboão da Serra e região

Por Vera Sampaio

A alfabetização e a escolarização de pessoas com deficiência é um grande desafio para a maioria dos municípios brasileiros e este obstáculo se torna ainda maior quando pensamos em pessoas com deficiência auditiva. Segundo estimativas do CENSO 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 9,7 milhões de brasileiros são surdos ou possuem perda auditiva. Pensando em enfrentar esta situação e assegurar aos deficientes auditivos de Taboão da Serra o direto à educação, o prefeito Fernando Fernandes criou a Lei 2271/2017, que integra a Educação Bilíngue para Surdos ao Sistema Municipal de Ensino.

Em funcionamento desde o início do ano, a Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) já atende 55 crianças matriculadas do Jardim I ao 5º ano. No entanto, o atendimento será até o 9º Ano e ainda há vagas. “Na EMEBS, os alunos são alfabetizados na Língua Brasileira de Sinais (Libras) e, na perspectiva bilíngue, a língua portuguesa é a segunda língua ensinada”, explica o secretário de Educação, Prof. João Medeiros.

Além de aprender em Libras a grade curricular da rede, em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo, todos os alunos fazem aula de dança na Escola Municipal de Bailado, duas vezes por semana. “Também fechamos uma parceria com a Secretaria de Esportes e, em breve, os alunos de inclusão terão aulas no Centro de Iniciação ao Esporte”, completa Prof. João Medeiros.

A EMEBS também oferece gratuitamente aula de Libras para pais. “O curso Libras para pais é um curso de aprendizagem de comunicação. É para que pais, parentes ou algum familiar que tenha contato com a criança ou com o adolescente surdo consiga se comunicar com o jovem e vice-versa”, explica a diretora da EMEBS Marcia de Jesus Temoteo.

Adultos com deficiência auditiva que não estão mais em idade de escolarização também são atendidos pela EMEBS. “Às segundas-feiras, das 14h às 16h, oferecemos curso de artesanato e, das 16h às 18h, curso de informática. Também temos um curso introdutório de Libras destinado a adultos surdos, que ainda não conhecem a Língua Brasileira de Sinais e não estão mais em idade de escolarização. A aula é com professor surdo e é de apresentação de sinais básicos de Libras para que eles consigam se comunicar”, completa a coordenadora pedagógica da EMEBS, Atalia Marina Soares de Jesus.

Dia Nacional do surdo

Dia 26 de setembro é comemorado o Dia Nacional do Surdo. Para celebrar a data, homenagear, dar visibilidade aos surdos e divulgar o trabalho desenvolvido pela escola, os alunos da EMEBS fizeram apresentações na EMEF Vinícius de Moraes. À ocasião, as crianças encenaram a peça “Cinderela Surda”, fizeram contação da história “Bruxa, bruxa, venha a minha festa”, além de duas apresentações de dança. Todo o trabalho foi acompanhado pela supervisora de ensino Elisangela Ximenes, pelas diretoras, coordenadoras e professores de ambas as escolas e pelas professoras de dança Nathália Novaes e Rosangela Jorge.

As apresentações encantaram alunos e professores que aplaudiram em Libras as crianças da EMEBS. A coordenadora pedagógica Lisley de Resende Amado destacou a importância de momentos como as apresentações. “Momentos como estes são importantes para que os alunos possam vivenciar a inclusão, vivenciar este intercâmbio entre alunos de diferentes situações e escola. Isto é muito rico para a aprendizagem e para o respeito entre os iguais, pois são todos iguais”, afirmou.

Já a diretora da EMEF Vinícius de Moraes, Rosângela Ap. dos Santos Bastos, ressaltou que os ganhos foram inúmeros. “Além da emoção que a gente sente, é um dia que todo mundo ganha. Porque é tanto aprendizado que nós não conseguimos mensurar, não só quem veio e nos trouxe esta aprendizagem, como os nossos próprios alunos, que a gente convive todos os dias nos surpreendeu”, disse.  “Queremos fazer encontros como este mais e mais vezes, pois proporcionam estes momentos. Foi um dia muito rico e que não dá pra medir a quantidade de experiência que nós ganhamos aqui hoje”, finalizou.

EMEBS

Diretora: Marcia de Jesus Temoteo

Coordenadora Pedagógica: Atalia Marina Soares de Jesus

Avenida Brasil, 1146
Jardim América - 06756-370
(11) 4787-2814

COMENTÁRIOS
Rádio ESPORTESNET